Quando as séries atrapalham sua leitura

Fala galera, tudo bem com vocês?

Esse texto aqui vai ser um pouco diferente. Na verdade, é mais um desabafo do que qualquer outra coisa, mas se isso acontece com você também, saiba que não está sozinho.

Infelizmente, não é surpresa saber que o brasileiro lê apenas 2,43 livros por ano, em média. Eu posso dizer que sou exceção a regra graças ao incentivo a leitura que meu pai cultivou em mim desde muito cedo (meu presente de aniversário de seis anos foi um livro com 365 histórias, uma para cada noite do ano). Só no ano passado, minha lista de leituras feitas acumulou 32 livros lidos - tendo terminado o último na véspera de Natal.

Só que em 2018 a Netflix chegou com mais força na minha vida (mais tarde do que para a maioria das pessoas), e com ela chegou também o atraso de TODO o meu cronograma de leitura.

Especula-se que o streaming tenha ultrapassado a marca de 6 milhões de assinantes só aqui no Brasil. Eu entrei nessa estatística também e, como consequência, acabei deixando mais de lado meus livros que esperam na fila. Prova disso é que estamos no mês 11 e este ano terminei 17 leituras apenas (para mim isso é pouco, e chega a me dar desespero).

Quando eu soube que a nossa querida Netflix possibilitava o download de algumas séries, foi aí que eu me atrasei de vez, porque meus lugares de leitura são 1- no ônibus, 2 - metrô, 3 - minha casa, 4 – filas, no geral. Na maioria das vezes é nessa ordem mesmo. Mas agora, minhas séries tomaram o lugar das minhas leituras.

Além disso, algo que percebi é que a minha capacidade de prestar atenção na leitura em lugares públicos diminuiu bastante. Passei a me distrair mais, e minha tendência a sentir que o passo da história está muito lento aumentou. E também tem aquela característica de curto período de atenção que também incomoda muita gente: sabe quando você lê duas ou três vezes a mesma linha e percebe que não entendeu nada? Então, isso tem acontecido com mais frequência.

Mas e aí, como se resolve isso?

Tive que recorrer ao mesmo método que as pessoas viciadas em ficar no celular o dia inteiro usam: colocar um limite de uso. É simples.

Se isso também acontece com você, não precisa parar de assistir suas séries (jamais <3), mas se escolher ver alguma em que cada episódio tem 20 minutos, assista apenas dois. Agora, se cada um tem entre 40 minutos e 1 hora, veja apenas um. Em outros momentos do dia, tente encaixar qualquer tipo de leitura. Não precisa ser um livro necessariamente, pode ser uma matéria de um blog que você curte, ou outra coisa que você ache interessante.

É provável que demore um pouco para você se acostumar com a rotina do limite, mas é um bom começo. Porque se você não estabelecê-lo, sua fila de espera de leitura vai continuar lá, vai continuar crescendo, ou – pior ainda – vai só ficar parada, nem nenhum livro a mais.

Nerd: Beatriz Napoli

Devoradora de livros, publicitária apaixonada, tem dois pés esquerdos e furtividade 0 para assaltar a geladeira de madrugada. Se apaixona por personagens fictícios com muita facilidade, mas não tem dinheiro para pagar o psiquiatra que obviamente precisa.

Share This Post On